• A TV Ambiental é um canal de televisão a cabo, comunitário, com foco nas questões ambientais e no desenvolvimento sustentável.


• A emissora é transmitida no Canal 10 da Operadora NET, no Canal 3 da Operadora RCA, na Grande Vitória – ES e "online" pelo site www.tvambiental.com.br


• O canal exibe em sua programação questões locais da Grande Vitória e do Estado do Espírito Santo, sem deixar de abordar os temas nacionais e globais sobre sustentabilidade;


• O objetivo da emissora é estabelecer um diálogo aberto com a sociedade, produzindo reportagens e debates que possam aprofundar assuntos de interesse social e difundir boas práticas para o desenvolvimento sustentável das comunidades;


• Parte da programação é produzida especialmente para o canal, os demais programas são gerados por outros produtores, comunidades e exibidos no canal;


• Além do foco nas questões ambientais, a TV Ambiental inclui em sua grade de programação temas variados, tais como: responsabilidade social, cultura, economia, comportamento humano, saúde, cidadania e vida em comunidades, política e gestão pública, educação e Ciência e Tecnologia.


A maioria de nossos programas gravados, também podem ser vistos pelo YouTube.


Você também pode contribuir com a nossa programação, oferecendo idéias e sugestões para a nossa programação pelo contato@tvambiental.com.br


TV Ambiental "Informação de qualidade para um futuro sustentável."

EDITORIAL DO MÊS

QUEIMADAS DE TURFA, POLUIÇÃO DO AR E O DESEQUILÍBRIO AMBIENTAL

Nos últimos meses a população da Grande Vitória vem sentindo no ar o forte cheiro de queimado proveniente das áreas de turfa que existem no Município da Serra, próximo ao Mestre Álvaro.
A fumaça desta turfa causa problemas respiratórios, principalmente na população mais próxima dessas áreas de queimada.
Quando as queimadas acontecem, o nosso valoroso Corpo de Bombeiros do Estado do ES é acionado para debelar as chamas que só se extinguem após um trabalho hercúleo de um grande contingente de homens, usando máquinas e equipamentos. Abrem valas e as inundam com água, conseguindo dessa forma contornar o problema que voltará a ocorrer após um novo ressecamento da área.
Isso vem se repetindo ano a ano, especialmente nos períodos mais secos, contribuindo ainda mais com a degradação da qualidade do ar da Região Metropolitana da Grande Vitória, que já é ruim , e também para o esgotamento das reservas hídricas no solo.
Além do município de Serra-ES, outros municípios do Estado já enfrentaram ou vem enfrentando esse problema a muitos anos, como é o caso do Município de Linhares, que tem uma enorme área de turfa da planície costeira do baixo Rio Doce, que queima há mais de 20 anos.
Outro caso conhecido de queimada de turfa que pouca gente associa a turfa é o que ocorria sistematicamente em Viana. Quem não se lembra do forte cheiro de queimado que era sentido por todos que passavam pela BR 101, próximo ao Posto da Polícia Rodoviária Federal?!
O problema só se interrompe espontaneamente por chuvas fortes ou pela extinção da turfa no terreno, o que pode durar anos de combustão.
Para resolver o problema definitivamente, temos que saber o que é a turfa, e o que leva a ocorrência de processos de combustão espontânea ou até mesmo induzida por ações criminosas.
A turfa é um material de origem vegetal, parcialmente decomposto, encontrado em camadas, geralmente em regiões pantanosas e também sob montanhas (turfa de altitude). É formada principalmente por Sphagnum (esfagno, grupo de musgos) e Hypnum, mas também de juncos, árvores, etc. Sob condições geológicas adequadas, transformam-se em carvão, através de emanações de metano vindo das profundezas e da preservação em ambiente anóxico.
Por ser inflamável, é utilizada como combustível para aquecimento doméstico. Sua composição é definida como Substâncias Húmicas (Ácido Húmico, Ácido fúlvico e Humina) e Substâncias Não-húmicas. Substâncias Húmicas possuem estrutura química não bem definida, sabe-se que possuem sítios de adsorção compostos por grupos ácidos carboxílicos,cetona, hidroxilas fenólicas e alcoólicas. Já a Substância não-húmica é composta por estruturas bem definidas, como lignina, proteínas, etc. Por conter em sua estrutura estes grupos funcionais, é utilizada como adsorvente de vários metais pesados presentes em ambientes aquáticos e em solos, onde complexam esses metais, contribuindo para o equilíbrio do meio ambiente. (Fonte: Wikipédia)
Em seu ambiente natural a turfa é constantemente recoberta por uma lâmina d’água, característica de solos mal drenados. Essa água fica contida mesmo nas ocasiões de estiagem e contribuem para manutenção das bacias.
A sua combustão só começou a acontecer, quando as camadas de água foram retiradas pela drenagem das áreas naturalmente alagadas.
Isso ocorreu ainda na década de 70, quando foi executado o PROVARZEAS no Estado do ES. Um grande programa financiado com recursos externos, cujo objetivo era realizar a drenagem das áreas naturalmente alagadas para disponibilizar novas áreas para agricultura, principalmente a rizicultura.
Os Impactos Ambientais deste projeto são muito mais abrangentes que a queimada de turfa, que é um precioso recurso natural, uma vez que as áreas de sua ocorrência funcionavam como reservatórios naturais de água.
A solução definitiva para evitar novas "queimadas de turfa" é fazer o Provarzeas ao contrário, ou seja, obstruir os canais de drenagem que foram abertos para escoar as águas, reconstituindo o alagamento natural das áreas.
Entretanto, isso requer intervenções do poder público que devem ser precedidas por estudos prévios para cada bacia ou micro bacia hidrográfica afetada pelo problema, porque muitas dessas áreas são hoje urbanizadas ou usadas para fins agrícolas.
O importante é que alguma ação seja tomada de imediato, e as comunidades afetadas devem ser esclarecidas da origem do problema, pois nesse caso, falamos não só da qualidade do ar, mas também da retenção de água no solo e a manutenção equilíbrio ambiental de áreas urbanas e rurais.

Almir Bressan Junior
Diretor da TV Ambiental

PROGRAMAÇÃO

05:22 - Espaço de Arte Celga
06:18 - Informe Ambiental
06:28 - Reflexões
07:00 - Ambiente Sustentável
07:32 - Movimento Contrário
08:03 - Reflexões
08:35 - TV é Ciência 
09:15 - Reflexões
09:51 - Saladanet
10:12 - Reflexões
11:15 - Espaço de Arte Celga
12:16 - Informe Ambiental
12:26 - Reflexões
12:58 - Ambiente Sustentável

13:30 - Movimento Contrário
14:02 - Hard Soft
14:32 - TV Seg
15:05 - Programa Animal
15:54 - Documentário
16:20 - Reflexões
16:55 - Saladanet
17:22 - Espaço de Arte Celga
18:18 - Informe Ambiental
18:30 - Reflexões
19:00 - Ambiente Sustentável
19:31 - Movimento Contrário
20:03 – Reflexões

20:35 - TV é Ciência 
21:15 - Reflexões
21:51 - Saladanet
23:15 - Espaço de Arte Celga
00:16 - Informe Ambiental
00:26 - Reflexões
00:58 - Ambiente Sustentável
01:30 - Movimento Contrário
02:02 - Hard Soft
02:32 - TV Seg
03:05 - Programa Animal
03:54 - Documentário
04:20 - Reflexões
04:55 - Saladanet

Entre em contato

Midias Sociais